Método cura até 95% dos casos de câncer de próstata
Mas ainda é preciso que a doença seja descoberta na fase inicial.
Os exames anuais devem ser feitos por todo homem a partir dos 40 anos.

O Instituto Nacional do Câncer estima que até o final de 2007, serão registrados 47 mil novos casos do câncer de próstata no Brasil. Um número assustador, se levarmos que, em 2002, a estimativa era de 24 mil novos casos em conta que este tipo de tumor é um dos que mais provoca a morte de homens no país.  A boa notícia é que os novos métodos de diagnóstico e os tratamentos cada vez mais avançados têm possibilitado que o sucesso no combate ao câncer seja cada vez maior.
Um dos métodos mais revolucionários na luta contra a doença é a Braquiterapia de próstata, uma técnica que envolve a participação de vários especialistas, numa operação multidisciplinar. A Braquiterapia consiste na introdução de sementes radioativas de Iodo-125 no interior da próstata, próximas ao tumor. O procedimento é feito pelo períneo, com o uso de finas agulhas, guiadas por uma ecografia transretal. As sementes são depositadas dentro da glândula e lá permanecem definitivamente liberando a dose de radiação necessária para conter o tumor. A aplicação é um procedimento muito pouco invasivo, não requer a internação do paciente, que pode ser admitido pela manhã e voltara para casa à tarde.
Toda a operação é minuciosamente planejada com antecedência. O paciente é submetido a vários exames para se estabelecer precisamente os pontos em que as sementes serão implantadas. Depois de todo o levantamento, é feito um mapa tridimensional computadorizado da próstata do paciente, com a localização exata em que deverá ficar cada uma das sementes.
Na seqüência, há um quadro com as perguntas e respostas mais comuns, para que você possa tirar as suas principais dúvidas sobre câncer de próstata e a braquiterapia.

A PRÓSTATA

O QUE É PRÓSTATA?
A próstata é um órgão existente apenas nos homens e situa-se imediatamente abaixo do bexiga. Tem peso aproximado de 20g e tamanho de uma noz (25 a 30cm3 ). Apresenta função reprodutiva e de transporte da urina.

QUE DOENÇAS PODEM AFETAR A PRÓSTATA?
Três condições clínicas afetam a próstata: Hiperplasia Prostática Benifna (HPB), Câncer e Prostatite que são as inflamações e/ou infecções da próstata.

O QUE É HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA (HPB) E COMO É TRATADA?
A HPB caracteriza-se por um aumento progressivo do volume da próstata. Cerca de 15% dos homens com idade entre 40 e 49 anos irão apresentar sintomas de HPB e 50% após os 70 anos. Os sintomas mais comuns são a diminuição do jato urinário e a urgência miccional (necessidade imediata de urinar).
Existem medicamentos, como os alfa bloqueadores, com excelentes resultados no tratamento. Com o tempo, o tratamento clínico pode não ser mais efetivo. Nessa fase será necessário fazer a cirurgia. Atualmente, o método endoscópico, menos invasivo, é o mais utilizado.

COMO É FEITA A PREVENÇÃO DO CÂNCER DE PRÓSTATA?
A prevenção é realizada através de consultas anuais que devem ser iniciadas aos 45 anos de idade. São realizadas uma avaliação metabólica através da dosagem sanguínea do PSA (Antígeno Prostático Específico), bem como uma avaliação morfológica através do toque retal e ultra-som. Quando há suspeita de câncer, realiza-se a biópsia que irá confirmar ou afastar essa possibilidade.

QUAIS OS TRATAMENTOS PARA O CÂNCER DE PRÓSTATA?
Para os casos de tumor em estágio inicial localizado, estes podem e devem ser tratados por métodos de cunho curativo. A Braquiterapia, a Radioterapia Externa, o HDR e a cirurgia radical, podem ser empregados. Para os casos de tumores avançados, o bloqueio hormonal paliativo está recomendado.

BRAQUITERAPIA

COMO É FEITA A BRAQUITERAPIA?
As sementes radioativas são introduzidas no interior da próstata por via transperineal através de finas agulhas guiadas por ecografia transretal. O planejamento da disposição tridimensional destas sementes é baseado em uma ecografia prostática transretal, a qual recebe um tratamento computadorizado. Em nosso grupo utilizamos o software dos computadores do Detroit Medical Center / Wayne State University - EUA.

QUANTAS SESSÕES SÃO NECESSÁRIAS?
O tratamento através da braquiterapia é realizado em uma única sessão ambulatorial.

QUAIS OS PROFISSIONAIS QUE REALIZAM ESTE PROCEDIMENTO?
A braquiterapia de próstata é realizada por uma equipe multidisciplinar que envolve o médico assistente, urologista, radioterapeuta, ecografista, anestesiologista, clínico cardiologista (quando necessário) e físico médico.

EXISTEM EFEITOS COLATERAIS DOS IMPLANTES DE IODO 125?
Sim. Entretanto, as taxas de complicações são bastante animadoras. Apenas cerca de 5% dos pacientes que não tiveram cirurgia prostática prévia poderão apresentar algum grau de incontinência urinária. Cerca de 10% dos homens poderão apresentar impotência sexual de graus variados.
Em alguns casos pode ocorrer pequeno desconforto na região perineal por 2 a 3 dias, tratado de forma eficaz com analgésicos suaves. Um pouco de sangue pode ser visto na urina ou esperma durante alguns dias após o procedimento. Isto é normal e cessa espontaneamente após 2 ou 3 dias.

QUAIS SÃO AS VANTAGENS DA BRAQUITERAPIA SOBRE AS OUTRAS OPÇÕES DE TRATAMENTO?
O implante de sementes é associado com baixas taxas de impotência sexual e incontinência urinária.É um tratamento curativo realizado em uma única sessão. Os pacientes podem retornar à atividade normal (incluindo o trabalho) dentro de um a três dias. É um tratamento frequentemente realizado de forma ambulatorial.

O IMPLANTE DE SEMENTES RADIOATIVAS APRESENTA ALGUM RISCO DE RADIAÇÃO AOS ÓRGÃOS E TECIDOS AO REDOR DA PRÓSTATA? E À PARCEIRA SEXUAL?
REGIÃO PERIPROSTÁTICA: Como o método é realizado com precisão milimétrica, o risco aos órgãos etecidos vizinhos é mínimo. Esta é a razão dos baixos índices de complicações, como a retite e cistite actínicas.
PARCEIRA SEXUAL: As sementes não apresentam riscos à parceira sexual, contudo, a abstinência sexual por duas semanas é recomendada.

OS PACIENTES FICAM RADIOATIVOS APÓS O PROCEDIMENTO?
Não. Os pacientes não ficam radioativos, embora as sementes o sejam. Como a radioatividade é muito baixa e o posicionamento das sementes é muito preciso, praticamente toda a radioatividade é absorvida dentro da próstata.

É UM TRATAMENTO CURATIVO? QUAL A EFICÁCIA DOS IMPLANTES RADIOATIVOS?
Sim. O tratamento do Câncer da Próstata por meio da Braquiterapia tem finalidade curativa.
De acordo com os resultados da literatura mundial, 95% dos pacientes tratados com I-125 encontram-se livres da doença após 12 anos do tratamento.


Dr. Sérgio Bassi
Urologista e Diretor do Centro Saint Louis Griffon.

• Membro do Colégio de Medicina dos Hospitais de Paris, Associação Francesa de Urologia, Associação Européia de Urologia, Associação Americana de Urologia e Sociedade Brasileira de Urologia;
• Diploma Universitário de Especialização em Endourologia e Litotripsia extracorpórea pelo Hôpital Saint-Louis - Université Paris VI (SORBONNE) Paris - France
• Mestrado em Ciências Cirúrgicas na Université Paris VI (SORBONNE) Paris – France
• Fellowship in Prosthetic Urology na The Cleveland Clinic Foundation - Cleveland - USA
• Fellowship in Urological Oncology na Wayne State University - Detroit Medical Center - Detroit - USA
• Fellowship in Prosthetic Urology na Mayo Clinic - Department of Urology -Rochester – USA.

 
Av. Mateus Leme, 2018 - 2º andar - Centro Cívico - CEP 80530-010 - Curitiba - PR - Fone/Fax:(41) 3352-2855
ANS n.º 41287-2
Software livre customizado por Fator Conexo