Associadas Mariana Bazzo e Cristiane Ramos recebem homenagens por suas atuações

Saiba mais sobre as premiações
19 de November de 2021 > Notícias

As associadas Mariana Seifert Bazzo, promotora de Justiça da Comarca de Almirante Tamandaré; e Cristiane Aparecida Ramos, promotora de Justiça da Comarca de Palotina, foram homenageadas recentemente por suas atuações no Ministério Público do Paraná (MPPR). Confira abaixo mais detalhes!

Mariana Bazzo recebe premiação por atuação na área de Direitos Humanos - 19/08/2021

No mês de agosto (19), a associada Mariana Seifert Bazzo, promotora de Justiça da Comarca de Almirante Tamandaré, recebeu a premiação Pablo Neruda, por sua atuação na área de Direitos Humanos, em sessão solene na Câmara Municipal de Curitiba (CMC). A iniciativa, de autoria do vereador Herivelto Oliveira, promove o reconhecimento de personalidades de destaque do município. 

O Prêmio Pablo Neruda foi concedido às pessoas ou entidades não governamentais que se destacaram na luta pelo direito à liberdade ideológica, de credo religioso, de opinião, pela democracia e pela justiça social no ano de 2020.

Em seu discurso de agradecimento, a associada relembrou a frase “os poetas odeiam o ódio e fazem guerra à guerra”, do poeta chileno, para manifestar sua gratidão ao momento de celebração da cidadania. “A frase de Neruda nos traz a lembrança de que são as uniões de esforços na realização do bem comum as únicas ´guerras´ que valem a pena. Aqui estamos juntos para ações propositivas e transformadoras da sociedade”, afirmou a promotora.

Outras sete personalidades também foram homenageadas na solenidade: Andrelise Stein, prêmio Mulheres Empreendedoras; Clube de Mães Vila Torres, prêmio Consagração Pública Municipal; Diorlei do Espírito Santo, prêmio Cultura e Divulgação; James Marçal, prêmio Cidade de Curitiba; Maria Aparecida de Souza, prêmio João Crisóstomo Arns; Mariana Chevalier, prêmio Mérito Esportivo e Raquel de Mello, prêmio Servidor Público Padrão.

Com informações: MPPR.

Fotos: Acervo pessoal Mariana Seifert Bazzo.

Moção de Aplausos reconhece atuação de Cristiane Ramos - 08/11/2021

E no dia 8 de novembro, a associada Cristiane Aparecida Ramos, promotora de Justiça da Comarca de Palotina, foi homenageada com Moção de Aplausos pela Câmara de Vereadores de Palotina.

O reconhecimento foi conjunto ao Ministério Público, Poder Judiciário, Departamento Penitenciário (Depen) e Conselho da Comunidade que, juntos, conseguiram, em 2019, transformar a carceragem masculina, conhecida como “Cadeião” em uma cadeia feminina de ressocialização. “Foi o conjunto de esforços desses quatro órgãos que permitiu essa transformação. Não havia o dinheiro, mas conseguimos meios legais para transformar o setor de carceragem numa cadeia pública feminina”, explica a promotora de Justiça. 

A antiga carceragem tinha problemas de superlotação, chegando a abrigar 103 presos o que gerava uma série de problemas como superlotação, problemas de higiene e rebeliões. A cadeia feminina abriga no mesmo espaço 30 de tentas, embora tenha estrutura para 40 mulheres. Cada uma delas tem sua cama, banheiro compartilhado no máximo para oito pessoas, todas recebem uniformes, fazem trabalhos manuais, tem remição por leitura e as implantadas no sistema (condenadas) recebem pecúlio por trabalhos efetuados e remição direta do sistema. “A transformação resultou na queda dos índices de criminalidade no município, principalmente os relacionados ao patrimônio”.  

O reconhecimento foi proposto, em abril, pelos vereadores Sergey Sendtko e Thiago Mostachio, que antes de serem eleitos participaram do Conselho da Comunidade e acompanharam o projeto de perto.  

Fotos: Acervo pessoal Cristiane Aparecida Ramos.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.