CNMP promoverá evento sobre combate à escravidão contemporânea

Encontro será híbrido com transmissão no Youtube
19 de January de 2023 > Gerais

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) vai promover o evento “Dia Nacional de Combate à Escravidão Contemporânea: Prevenção, Repressão e Reinclusão Social de Trabalhadoras e Trabalhadores Resgatados”. O encontro será em 26 de janeiro, em formato híbrido, presencialmente no auditório do CNMP e virtualmente pelo canal da instituição no YouTube, a partir das 14h30. 

O evento, que faz alusão ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Escravo, celebrado em 28 de janeiro, tem como objetivo debater a importância da prevenção, repressão e, sobretudo, da reinclusão social de trabalhadores resgatados em condições análogas à escravidão para quebra do ciclo de exploração e vulnerabilidade dessas pessoas.  

Serão realizadas palestras com especialistas e depoimentos de trabalhadores resgatados, além da exibição de trecho de um filme financiado pelo Ministério Público do Trabalho. O público-alvo são integrantes dos Ministérios Públicos (membros e servidores), redes de combate ao trabalho escravo e sociedade em geral. Não haverá inscrições prévias.

O encontro é uma iniciativa do Comitê Nacional do Ministério Público de Combate ao Trabalho em Condição Análoga à de Escravo e ao Tráfico de Pessoas (Conatetrap), presidido pelo conselheiro Ângelo Fabiano Farias da Costa. 

Serviço: Dia Nacional de Combate à Escravidão Contemporânea: Prevenção, Repressão e Reinclusão Social de Trabalhadoras e Trabalhadores Resgatados 

Data: 26 de janeiro, a partir das 14h30 

Local: Auditório do CNMP, em Brasília 

Transmissãocanal do CNMP no YouTube 

Com informações: CNMP 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.