Onze empresas participam da licitação para administração da previdência complementar do Paraná

Presidente da APMP participa do Grupo de Trabalho que analisará as propostas
8 de June de 2022 > Assuntos Institucionais, Diretoria

Onze empresas apresentaram propostas para administração de plano de benefícios previdenciários dos membros, servidores e empregados públicos da administração direta e indireta dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e Defensoria Pública do Estado do Paraná, conforme edital divulgado para seleção e contratação de Entidade Fechada de Previdência Complementar (EFPC). 

O presidente da APMP, André Tiago Pasternak GLitz, participou, como integrante do Grupo de Trabalho, na segunda-feira (6) da sessão pública de abertura dos envelopes de propostas, junto com o promotor de Justiça Hugo Evo Magro Correa Urbano. “Participamos ativamente do processo desde 2019, com a reforma da Previdência nacional. Estudamos o tema, contratamos consultoria jurídica, realizando lives e palestras para debater o assunto, realizamos reuniões interinstitucionais e agora estamos acompanhando a escolha da entidade apta que fará a administração dos serviços. Sempre atentos aos pontos de interesse de nossos associados e preservando seus direitos”, explicou Glitz. 

Resultado  

O Grupo de Trabalho criado pela Resolução Conjunta SEAP/CASA CIVIL/SEFA/PRPREV nº 01/2022, alterada pela Resolução Conjunta SEAP/CASACIVIL/SEFA/PRPREV nº 02/2022, ficará encarregado de processar e analisar os documentos de habilitação e as propostas, atribuindo-lhe a devida pontuação. A análise do Grupo de Trabalho ocorrerá em três fases. Na primeira fase, promoverá o julgamento e classificação das propostas, a partir da atribuição da devida pontuação, conforme os critérios objetivos previstos. No caso de empate entre duas ou mais propostas, a classificação será feita, obrigatoriamente por sorteio, em ato público para o qual todos os interessados das propostas empatadas serão convocados.  Na segunda fase, o Grupo de Trabalho analisará os documentos de habilitação do concorrente classificado em 1º (primeiro) lugar. Na terceira fase, será proclamado o resultado final do certame e encaminhado para homologação da autoridade competente. 

Há um período de cinco dias úteis para interposição de recursos, e igual período para contrarrazões, em cada etapa. 

O resultado final será divulgado no sítio eletrônico www.comprasparana.pr.gov.br e no Diário Oficial do Estado. 

Acesse aqui a Ata de Abertura da Sessão Pública.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.