Presidente da APMP representará CONAMP em conferência anual da International Association of Prosecutor (IAP)

Evento acontecerá de 25 a 29 de setembro
23 de September de 2022 > Desenvolvimento Acadêmico, Diretoria

Na próxima semana, de 25 a 29 de setembro, ocorrerá a 27ª edição do Encontro Geral e Conferência Anual da International Association of Prosecutor (IAP). O evento ocorre anualmente e, nessa edição, será realizado na cidade de Tiblissi, capital da Geórgia. O presidente da Associação do Ministério Público (APMP), André Tiago Pasternak Glitz, participará do evento, representando Associação Nacional de Membros do Ministério Público (CONAMP). 

O presidente da APMP, André Glitz, terá a palavra em dois momentos do evento. O primeiro será durante um painel global de associações de procuradores, que debaterão os desafios da Covid-19 para as organizações. Neste fórum estarão presentes autoridades do Canadá, Portugal e Índia. Já a segunda palestra ocorrerá a convite da UNESCO, no painel que terá como tema a liberdade de expressão no Brasil. 

APMP já foi representada em congresso da International Association of Prosecutor (IAP) 

Em setembro de 1998, a APMP foi representada no congresso da International Association of Prosecutor (IAP) pelo atual Orador da associação, Sergio Renato Sinhori, que na época ocupava a presidência da entidade. Ele foi uma das autoridades indicadas pela CONAMP para representar a entidade no evento, que na ocasião ocorreu em Dublin, capital da República da Irlanda.

O evento consistiu em vários painéis, palestras e debates entre os membros do Ministério Público do mundo todo. Na época, assuntos muito emergentes da sociedade foram debatidos como pedofilia e abuso sexual, por exemplo. 

Clique aqui e leia a reportagem completa sobre a primeira participação da APMP no congresso da IAP de 1998. O conteúdo foi publicado na APMP em Revista, de setembro de 1998. 

IAP reúne membros do Ministério Público de todo o mundo desde 1996 

A International Associtation of Prosecutors (IAP) foi idealizada na ONU em meados de 1995 e o primeiro Encontro Geral e Conferência Anual ocorreu em setembro de 1996 em Budapeste, na Hungria. A formação da associação e a realização da conferência nasceu com o objetivo de criar uma organização internacional, para aumentar o efetivo reconhecimento do papel principal dos ministérios públicos no que lhes cabe na administração da justiça criminal. 

Neste encontro de 2022 ocorrerão vários painéis e discussões sobre a atuação dos Ministérios Públicos do mundo todo sob diversos temas, como por exemplo: Covid-19, organizações financeiras paralelas, redes sociais e liberdade de expressão, entre outros. 

Você pode conferir a programação completa do evento clicando aqui. 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.